CONCURSO DA PRF: EDITAL COMENTADO

Por Wendell Ribeiro*



EDITAL Nº 1 - PRF, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2018 CONCURSO PÚBLICO PARA O PROVIMENTO DE VAGAS NO CARGO DE POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL


É imprescindível além da preparação teórica, o conhecimento do Edital, que prevê além das regras direitos e informações importantes aos candidatos. 


O passo mais importante para a conquista de um cargo, inicia na plena compreensão de todas as informações disponibilizadas em edital pela banca.


Preparamos uma leitura dinâmica e objetiva dos pontos essenciais sobre o edital da PRF, todavia, é necessário que você dedique alguns minutos ao final desse artigo, para encerrar a leitura na íntegra do edital.


Com a publicação do edital para PRF, temos que observar o início das inscrições, iniciando a partir do dia 3 de dezembro e data máxima para inscrição no dia 18 de dezembro.


As inscrições serão realizadas no site oficial da banca Cespe/Cebraspe, veja informações relevantes sobre esse certame:


Inscrições :
Data: 03/12/2018 a 18/12/2018*

*Fique atento ao horário de abertura e encerramento das inscrições, pois prevalecerá o horário oficial de Brasília

Nota: O horário de verão está vigente na maior parte do país), portanto, antecipe-se, a estabilidade do site nas últimas horas é comprometida e o edital deixa claro que NÃO admitirá reclamações por erros ou falta de estabilidade do mesmo.

Local/Site para inscrições:
Link: 
http://www.cespe.unb.br/concursos/prf_18


Investimento:
A inscrição é no valor de R$ 150 e o pagamento deverá acontecer até dia 15 de janeiro de 2019.

Como escolher a lotação?

Observe que o edital NÃO contempla todas as Unidades Federativas, ou seja, não há vagas em todas as regiões, mas o número de vagas está distribuído conforme necessidade do órgão e grande parte dos estados brasileiros tem demanda, veja o número de vagas conforme quadro e item 4 do edital:


UF


Vagas para ampla concorrência


Vagas reservadas para candidatos negros

Vagas reservadas para candidatos com deficiência


Total

AC

13

3

1

17

AM

20

6

2

28

AP

16

5

2

23

BA

13

3

1

17

GO

20

5

2

27

MA

13

4

1

18

MT

6

2

1

9

MS

26

7

2

35

MG

43

11

3

57

PA

60

16

5

81

PI

16

4

2

22

RJ

7

2

1

10

RO

55

15

4

74

RR

11

3

1

15

RS

16

5

2

23

SP

14

4

1

19

TO

18

5

2

25

TOTAL

367

100

33

500


Ainda no edital publicado, é importante observar a contemplação de vagas reservadas para candidatos negros e vagas reservadas para candidatos com deficiência, se você encaixa em alguma dessas reservas, é importante verificar os itens 5 e 6 do edital e seguir as instruções para garantir a correta concorrência de vagas.

Importante – Realização da Prova:

Ao escolher a lotação, a realização da Prova pelo candidato SERÁ na UF escolhida.

1.4 O candidato deverá, obrigatoriamente, realizar todas as fases da primeira etapa na UF escolhida para lotação, conforme disposto no item 4 deste edital.


  1. Antes de efetuar a solicitação de inscrição, o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos. No sistema de inscrição, o candidato deverá optar por uma cidade de realização das provas, que será obrigatoriamente vinculada à UF de vaga para a qual deseja concorrer.

Importante 2 – Item destaque:

Atente-se ao item 4.1.1, que determina o período mínimo de permanência (em caso de aprovação no concurso): “A unidade de lotação do candidato estará vinculada à UF de vaga escolhida no momento da inscrição. Ainda no item 4.1.2, observe que que oocupante do cargo de Policial Rodoviário federal permanecerá preferencialmente no local de sua primeira lotação por um período mínimo de três anos, exercendo atividades de natureza operacional voltadas ao patrulhamento ostensivo e à fiscalização de trânsito, sendo sua remoção condicionada a concurso de remoção, permuta ou ao interesse da administração.


Remuneração:

A remuneração inicial é de R$ 9.473,57


Requisitos mínimos para ingresso na carreira:

  1. Idade entre 18 (na data da posse) e 65 anos.
  2. É Necessário habilitação na categoria B ou superior;
  3. E, ensino superior em *QUALQUER ÁREA de formação.


*A formação do candidato deve ser reconhecida pelo MEC através de diploma devidamente registrado.


Importante lembrar que a PRF é considerada “Policia administrativa”, que tem como principal atividade o cunho preventivo e não repressivo, portanto é necessário compreender as atividades rotineiras do Policial Rodoviário Federal. O candidato deverá se adaptar e sentir-se preparado para a realização das seguintes funções: 


  1. realizar atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, 
  2. atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários;
  3. demais atribuições relacionadas com a área operacional da Polícia Rodoviária Federal.



Conteúdo Programático, DATA e Duração da Prova:


Data provável: 3 de fevereiro de 2019 no período da Tarde.

É importante acessar constantemente o site da banca aplicadora, pois retificações do Edital poderão ocorrer.


A prova será realizada no período da Tarde (horário a ser definido), período que o aluno terá para realizar a atividade Discursiva e Prova Objetiva contemplando os Blocos I, II e III , com duração de  4 horas e 30 minutos.


8.1       A prova objetiva e a prova discursiva terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 3 de fevereiro de 2019, no turno da tarde.


As demais fases abaixo contemplam a primeira etapa do concurso, entretanto, só serão realizadas caso o candidato seja aprovado nas provas objetiva e discursiva:


●Exame de capacidade física

●Avaliação de saúde

●Avaliação psicológica

●Avaliação de títulos

●Investigação social 


O concurso está dividido conforme quadro abaixo e itens do Edital:


  1. A primeira etapa do concurso será composta das fases descritas no quadro a seguir.


PROVA/TIPO

BLOCOS / DISCIPLINAS

QTDE QUESTÕES

CARÁTER

P1 - Objetiva

BLOCO I

Língua Portuguesa

Raciocínio Lógico-matemático

Informática

Noções de Física

Ética no Serviço Público

Geopolítica brasileira

História da PRF

50

Eliminatório e classificatório

BLOCO II

Legislação de Trânsito

40

Eliminatório e classificatório

BLOCO III

Noções de Direito Administrativo

Noções de Direito Constitucional

Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal

Legislação Especial

Direitos Humanos e Cidadania

30

Eliminatório e classificatório

P2 - Discursiva

Texto dissertativo de até 30 linhas

Eliminatório e classificatório

Exame de capacidade física

-

Eliminatório

Avaliação de saúde

-

Eliminatório

Avaliação psicológica

-

Eliminatório

Avaliação de títulos

-

Classificatório

Investigação social

-

Eliminatório


Importante 3 – Método de avaliação utilizado pela Banca :


É comum que os alunos tenham “receio” no modelo adotado pela banca para avaliação das questões, mas através de um estudo assertivo é possível ter um excelente rendimento, por isso, a importância de compreender o edital, para que o estudo seja direcionado.


Conforme Item 9.11.2, a nota em cada item da prova objetiva, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a: 1,00 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 1,00 ponto negativo, caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,00, caso não haja marcação ou haja marcação dupla (C e E).


É o “método” conhecido como: “Uma questão errada, anula uma correta”.


Ainda a respeito dos critérios de avaliação, é de EXTREMA importante destacar os itens relacionados ao mínimo requerido para aprovação na primeira fase, considerando o item abaixo:


9.11.4 Será reprovado na prova objetiva e eliminado do concurso público o candidato que se enquadrar em pelo menos um dos itens a seguir:


a) obtiver nota inferior a 10,00 pontos no bloco I da prova objetiva;

b) obtiver nota inferior a 12,00 pontos no bloco II da prova objetiva;

c) obtiver nota inferior a 6,00 pontos no bloco III da prova objetiva;

d) obtiver nota inferior a 48,00 pontos no conjunto dos três blocos da prova objetiva.


Desse modo, é necessário o estudo direcionado para todos os blocos do conteúdo programático.


A prova tem um total somatório de 120,00, é o que estabelece o item 9.1: A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, valerá 120,00 pontos e abrangerá os objetos de avaliação constantes do item 23 deste edital.


Disciplinas: 


  1. LÍNGUA PORTUGUESA
  2. RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO
  3. INFORMÁTICA
  4. NOÇÕES DE FÍSICA
  5. ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO
  6. GEOPOLÍTICA BRASILEIRA
  7. HISTÓRIA DA PRF
  8. LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO
  9. NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO
  10. NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL
  11. NOÇÕES DE DIREITO PENAL E DE DIREITO PROCESSUAL PENAL
  12. LEGISLAÇÃO ESPECIAL:
  13. DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA: 




BLOCO 1


LÍNGUA PORTUGUESA: 

1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 

2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 

3 Domínio da ortografia oficial. 

4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 

4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 

4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 

5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 

5.1 Emprego das classes de palavras. 

5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 

5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 

5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 

5.5 Concordância verbal e nominal. 

5.6 Regência verbal e nominal. 

5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 

5.8 Colocação dos pronomes átonos. 

6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 

6.1 Significação das palavras. 

6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 

6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 

6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 

7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 


RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO: 

1 Modelagem de situações-problema por meio de equações do 1º e 2º graus e sistemas lineares. 

2 Noção de função. 

2.1 Análise gráfica. 

2.2 Funções afim, quadrática, exponencial e logarítmica. 

2.3 Aplicações. 3 Taxas de variação de grandezas. 

3.1 Razão e proporção com aplicações. 

3.2 Regra de três simples e composta. 

4 Porcentagem. 

5 Regularidades e padrões em sequências. 

5.1 Sequências numéricas. 

5.2 Progressão aritmética e progressão geométrica. 

6 Noções básicas de contagem e probabilidade. 

7 Descrição e análise de dados. 

7.1 Leitura e interpretação de tabelas e gráficos apresentados em diferentes linguagens e representações. 

7.2 Cálculo de médias e análise de desvios de conjuntos de dados. 

8 Noções básicas de teoria dos conjuntos. 

9 Análise e interpretação de diferentes representações de figuras planas, como desenhos, mapas e plantas. 

9.1 Utilização de escalas. 

9.2 Visualização de figuras espaciais em diferentes posições. 

9.3 Representações bidimensionais de projeções, planificações e cortes. 

10 Métrica. 

10.1 Áreas e volumes. 

10.2 Estimativas. 

10.3 Aplicações


INFORMÁTICA: 

1 Conceito de internet e intranet. 

2 Conceitos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a internet/intranet. 

2.1 Ferramentas e aplicativos comerciais de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca, de pesquisa e de redes sociais. 

2.2 Noções de sistema operacional (ambiente Linux e Windows). 

2.3 Acesso a distância a computadores, transferência de informação e arquivos, aplicativos de áudio, vídeo e multimídia. 

3 Redes de computadores. 

4 Conceitos de proteção e segurança. 

4.1 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 

4.2 Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, anti-spyware etc.). 

5 Computação na nuvem (cloud computing). 


NOÇÕES DE FÍSICA: 

1 Cinemática escalar, cinemática vetorial. 

2 Movimento circular. 

3 Leis de Newton e suas aplicações. 

4 Trabalho. 

5 Potência. 

6 Energia cinética, energia potencial, atrito. 

7 Conservação de energia e suas transformações. 

8 Quantidade de movimento e conservação da quantidade de movimento, impulso. 

9 Colisões. 


ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: 

1 Ética e moral. 

2 Ética, princípios e valores. 

3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 

4 Ética e função pública. 

5 Ética no setor público. 

5.1 Decreto nº 1.171/ 1994 (Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal). 


GEOPOLÍTICA BRASILEIRA: 

1 O Brasil político: nação e território. 

1.1 Organização do Estado Brasileiro. 

1.2 A divisão inter-regional do trabalho e da produção no Brasil. 

1.3 A estrutura urbana brasileira e as grandes metrópoles. 

2 Distribuição espacial da população no Brasil e movimentos migratórios internos. 

3 A evolução da estrutura fundiária e problemas demográficos no campo. 

4 Integração entre indústria e estrutura urbana, rede de transportes e setor agrícola no Brasil. 

5 Geografia e gestão ambiental. 

5.1 Macrodivisão natural do espaço brasileiro: biomas, domínios e ecossistemas. 

5.2 Política e gestão ambiental no Brasil.

6 O Brasil e a questão cultural. 

7 A integração do Brasil ao processo de internacionalização da economia. 

8 O século XX: urbanização da sociedade e cultura de massas. 


HISTÓRIA DA PRF: 

Disponível no endereço https://www.prf.gov.br/agencia/policia-rodoviaria-federal-historia-em-detalhes/

1 Polícia Rodoviária Federal: história em detalhes. 

2 Grandes eventos esportivos. 

3 Atualidade. 

4 Tecnologia. 

5 Trânsito. 

6 Capacitação. 

7 Ação especializada. 

8 Áreas especializadas


BLOCO II 


LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO: 

1 Lei nº 9.503/1997 e suas alterações (institui o Código de Trânsito Brasileiro - CTB). 

2 Decreto nº 4.711/2003(dispõe sobre a Coordenação do Sistema Nacional de Trânsito - SNT). 

3 Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) e suas alterações: 04/1998; 14/1998; 24/1998; 26/1998; 32/1998; 36/1998; 92/1999; 110/2000; 160/2004; 197/2006; 205/2006; 210/2006; 211/2006; 216/2006; 227/2007 (exceto os seus anexos); 231/2007; 242/2007; 253/2007; 254/2007; 258/2007; 268/2008; 273/2008; 277/2008; 289/2008; 290/2008; 292/2008; 349/2010; 356/2010; 360/2010; 371/2010 (exceto as fichas); 396/2011; 432/2013; 441/2013; 453/2013; 471/2013; 508/2014; 520/2015; 525/2015; 552/2015; 561/2015 (exceto as fichas); 573/2015; 598/2016; 619/2016; 624/2016; 643/2016; 720/2017; 723/2018; 735/2018. 


BLOCO III 


NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO:

1 Noções de organização administrativa. 

1.1 Centralização, descentralização, concentração e desconcentração. 

1.2 Administração direta e indireta. 

1.3 Autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista. 

2 Ato administrativo. 

2.1 Conceito, requisitos, atributos, classificação e espécies. 

3 Agentes públicos. 

3.1 Legislação pertinente. 

3.1.1 Lei nº 8.112/1990 e suas alterações. 

3.1.2 Disposições constitucionais aplicáveis. 

3.2 Disposições doutrinárias. 

3.2.1 Conceito. 

3.2.2 Espécies. 

3.2.3 Cargo, emprego e função pública. 

4 Poderes administrativos. 

4.1 Hierárquico, disciplinar, regulamentar e de polícia. 

4.2 Uso e abuso do poder. 

5 Licitação. 

5.1 Princípios. 

5.2 Contratação direta: dispensa e inexigibilidade. 

5.3 Modalidades. 

5.4 Tipos. 

5.5 Procedimento. 

6 Controle da Administração Pública. 

6.1 Controle exercido pela Administração Pública. 

6.2 Controle judicial. 

6.3 Controle legislativo. 

7 Responsabilidade civil do Estado. 

7.1 Responsabilidade civil do Estado no direito brasileiro. 

7.1.1 Responsabilidade por ato comissivo do Estado. 

7.1.2 Responsabilidade por omissão do Estado. 

7.2 Requisitos para a demonstração da responsabilidade do Estado. 

7.3 Causas excludentes e atenuantes da responsabilidade do Estado.

8 Regime jurídico-administrativo. 

8.1 Conceito. 

8.2 Princípios expressos e implícitos da Administração Pública


NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL:

1 Direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania e direitos políticos; partidos políticos; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos. 

2 Poder Executivo: forma e sistema de governo; chefia de Estado e chefia de governo. 

3 Defesa do Estado e das instituições democráticas: segurança pública; organização da segurança pública. 

4 Ordem social: base e objetivos da ordem social; seguridade social; meio ambiente; família, criança, adolescente, idoso, índio. 


NOÇÕES DE DIREITO PENAL E DE DIREITO PROCESSUAL PENAL:

1 Princípios básicos. 

2 Aplicação da lei penal. 

2.1 A lei penal no tempo e no espaço. 

2.2 Tempo e lugar do crime.

2.3 Territorialidade e extraterritorialidade da lei penal. 

3 O fato típico e seus elementos. 

3.1 Crime consumado e tentado. 

3.2 Ilicitude e causas de exclusão. 

3.3 Excesso punível. 

4 Crimes contra a pessoa. 

5 Crimes contra o patrimônio. 

6 Crimes contra a fé pública. 

7 Crimes contra a Administração Pública. 

8 Inquérito policial. 8.1 Histórico, natureza, conceito, finalidade, características, fundamento, titularidade, grau de cognição, valor probatório, formas de instauração, notitia criminis, delatio criminis, procedimentos investigativos, indiciamento, garantias do investigado; conclusão. 

9 Prova. 

9.1 Preservação de local de crime. 

9.2 Requisitos e ônus da prova. 

9.3 Nulidade da prova. 

9.4 Documentos de prova. 

9.5 Reconhecimento de pessoas e coisas. 

9.6 Acareação. 

9.7 Indícios. 

9.8 Busca e apreensão. 

10 Prisão em flagrante.


LEGISLAÇÃO ESPECIAL:

1 Lei nº 10.826/2003 e suas alterações (Estatuto do Desarmamento). 

2 Lei nº 5.553/1968 (apresentação e uso de documentos de identificação pessoal). 

3 Lei nº 4.898/1965 (direito de representação e processo de responsabilidade administrativa, civil e penal, nos casos de abuso de autoridade). 

4 Lei nº 9.455/1997 (definição dos crimes de tortura) 

5 Lei nº 8.069/1990 e suas alterações (Estatuto da Criança e do Adolescente): Título II, Capítulos I e II, Título III, Capítulo II, Seção III, Título V e Título VII. 

6 Lei nº 11.343/2006 (Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas). 

7 Lei nº 9.605/1998 e suas alterações (Lei dos Crimes contra o Meio Ambiente): Capítulos III e V. 

8 Decretos nº 5.948/2006, nº 6.347/2008 e nº 7901/2013 (tráfico de pessoas).


DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA: 

1 Teoria geral dos direitos humanos. 

1.1 Conceito, terminologia, estrutura normativa, fundamentação. 

2 Afirmação histórica dos direitos humanos. 

3 Direitos humanos e responsabilidade do Estado. 

4 Direitos humanos na Constituição Federal. 

5 Política Nacional de Direitos Humanos. 

6 A Constituição brasileira e os tratados internacionais de direitos humanos.


Pontos que também merecem destaque, estão elencados nos itens 10.1 , 10.6.6 .


Em relação a prova discursiva, devem ser observados o limite de 30 linhas, é importante que o candidato faça simulados em casa, sempre considerando o limite máximo estipulado pelo edital.


10.1 A prova discursiva valerá 20,00 pontos e consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas relacionados aos objetos de avaliação.


10.2 A prova discursiva será avaliada e pontuada segundo os critérios estabelecidos no subitem 10.6 deste edital


10.6.6 Será aprovado na prova discursiva o candidato que obtiver NPD ≥ 10,00 pontos.


Em caso de empate, a banca após o primeiro critério de idade, estabelece como segundo critério a maior nota no bloco II, temática pertinente ao cargo e função da PRF.


  1. Em caso de empate na nota final na primeira etapa do concurso, terá preferência o candidato que, na seguinte ordem:
  1. tiver idade igual ou superior a 60 anos, até o último dia de inscrição neste concurso, conforme art. 27, parágrafo único, da Lei nº 10.741/2003 e suas alterações (Estatuto do Idoso);
  2. obtiver a maior nota no bloco II da prova objetiva;
  3. obtiver o maior número de acertos no bloco II da prova objetiva;
  4. obtiver a maior nota no bloco III da prova objetiva;
  5. obtiver o maior número de acertos no bloco III da prova objetiva;
  6. obtiver a maior nota no bloco I da prova objetiva;
  7. obtiver o maior número de acertos no bloco I da prova objetiva;
  8. obtiver a maior nota na prova discursiva;
  9. tiver maior idade;
  10. tiver exercido a função de jurado (conforme art. 440 do Código de Processo Penal).

Persistindo o empate, terá preferência o candidato com maior idade.


Dentro outros aspectos importantes, o candidato deverá observar as respectivas exigências para a “Prova física” que requer preparação prévia e tem alto índice de reprovação nos últimos concursos policiais, conforme convocações de outros certames, já os exames médicos e psicológicos estão determinados no edital (itens de 11 a 13 e respectivos subitens) e DEVEM ser notados pelos candidatos.

Nota final na primeira etapa do concurso:

16.1     A nota final na primeira etapa do concurso público será a soma algébrica da nota final obtida na prova objetiva, da nota final obtida na prova discursiva e da pontuação total obtida na avaliação de títulos.

16.2     Os candidatos serão ordenados por UF de vaga, de acordo com os valores decrescentes da nota final na primeira etapa do concurso público.

16.3     Com base na lista organizada na forma dos subitens anteriores e observados os critérios de desempate citados no item 17 deste edital, será realizada a convocação para a segunda etapa do concurso público – curso de formação profissional, na forma do subitem 18.1 deste edital.

18.1     Os candidatos aprovados na primeira etapa do concurso público e, até o momento, não eliminados na investigação social, serão convocados para o envio dos documentos necessários à matrícula no curso de formação profissional (CFP).


O aluno deverá compreender o que será cobrado em cada bloco, pois algumas matérias tiveram temáticas “reduzidas”, facilitando inclusive o estudo do aluno, portanto, direcione os estudos somente naquilo que foi determinado pelo edital, como por exemplo em Direito Processual Penal no item 10, em que o examinador estabeleceu Prisão e definiu a modalidade de Prisão em flagrante, facilitando então o estudo único e exclusivo do tópico.


Enfim, estes foram os pontos que consideramos merecer uma abordagem detalhada, e a desatenção em face de cada um dos aspectos enfatizados, poderá impactar na reprovação dos candidatos. Portanto, ficar atento a cada um deles e a todos os demais pontos contidos no edital é o primeiro passo para ser bem-sucedido no concurso. 


Você é capaz! Com foco, determinação, comprometimento, sacrifícios e estratégias de estudos bem definidas conquistará o sucesso almejado.


Nesse contexto, permita-nos indicar os cursos oferecidos pelo Brasil Jurídico – Ensino de Alta Performance, clique aqui e conheça-os.


Cabe salientar que todos os cursos, denominados de NOTA MÁXIMA, são TEÓRICOS / PRÁTICOS – compostos de vídeo aulas 100% produzidas de acordo com todos os temas do edital, bem assim disponibiliza baterias de questões e simulados para resolução (integralmente no estilo CEBRASPE) cuja ferramenta – o SAAP – dispõe de vários diferenciais, dentre quais:  cronômetro de tempo de resposta, todas questões comentadas em vídeo, campo para anotações e, o melhor e mais importante: ao final emite relatórios e gráficos de desempenho indicando todos os pontos fracos e carecedores de reforço


A realização pessoal e profissional só depende de você!


Bons estudos! Saiba que estamos trabalhando incessantemente em prol do seu SUCESSO



PRF